[Resenha #130] A Garota que Tinha Medo - Breno Melo


Bom Dia!!! Hoje temos mais uma resenha para vocês de um livro nacional <3 Agora eu estou oficialmente de ferias da faculdade e vou conseguir colocar todas as minhas leituras em dia e ler mais livros do que vim lendo por mês \o/

* Livro cedido pelo autor para ser resenhado.
Titulo: A Garota que Tinha Medo
Autor: Breno Melo
Quantidade de Páginas: 280
Editora: Chiado
Gênero: Literatura Nacional / Drama / Romance
Ano de Lançamento: 2014
Preço: Livro Físico R$32,00 ou Livro Físico R$27,00
ISBN: 9789895123315
Skoob: Clique Aqui 
Sinopse: A Garota que Tinha Medo - Marina é uma jovem que faz tratamento para a síndrome do pânico. Às voltas com o ingresso na universidade, um novo romance e novas experiências, Marina tem seu primeiro ataque de pânico. Sua vida vira de cabeça para baixo no momento mais inapropriado possível e então psiquiatras e psicólogos entram em cena. Acompanhamos suas idas ao psiquiatra e ao psicólogo, o tratamento farmacológico e a psicoterapia. Ao mesmo tempo, conhecemos detalhes de sua vida amorosa e sexual, universitária e profissional, social e familiar na medida em que elas são marcadas pela síndrome. Um tema atual. Uma excelente obra tanto para conhecimento do quadro clínico como entretenimento, narrada com maestria e de uma sensibilidade notável.

Resenha
Marina é uma jovem que tem síndrome do pânico e através do livro ela irá nos apresentar sua historia desde seu primeiro ataque.

Sua mãe a pressionava muito para que conseguisse passar no vestibular, horas e horas de estudo sem fim, e sua única válvula escape foi Julio, um garoto que conheceu na internet que coincidentemente depois de muito conversarem ela descobriu que ele morava no mesmo condomínio que ela e a partir dai ele começaram a namorar.

"Como Alice, eu acabava de chegar ao País das Maravilhas, onde tudo parecia irreal. Meus olhos me enganavam? Eu não estava gostando da brincadeira!"

Seu esforço foi recompensado e ela enfim conseguiu entrar na faculdade que tanto desejava, uma universidade Católica, assim pensou que tudo seria mais fácil, estudaria jornalismo e teria mais tempo para seu namorado. Mas bem nesta época ela teve o seu primeiro ataque de pânico e ela nem sabia o que realmente estava acontecendo.

Os médicos dizem que ela estava bem e que não tinha motivos para sua falta de ar e demais sintomas que os ataques causavam e todos ao redor dela começaram a achar que ela estava ficando louca. Depois de diversos ataque ela enfim é diagnosticada e descobre que tem Síndrome do Pânico e dai ela começa o tratamento e tudo que terá que enfrentar.

"Como jornalista que pretendia me tornar, eu deveria dar as notícias e, não, ser a notícia."

O livro trás uma narrativa em primeira pessoa, onde Mariana conversa com o leitor contando sua historia, e também apresentando a cultura Paraguaia, onde o livro se passa. A escrita e leve e fluida e com uma narrativa que te prende na leitura.

A protagonista é um garota com a autoestima um pouco baixa, muito ansiosa, lembrando que síndrome do pânico e uma síndrome relacionada a ansiedade, e obedece tudo que sua mãe manda, sendo ela bem severa. Mas também ela é muito religiosa e por isso temos varias passagem com pensamentos dela relacionados a questões da bíblia ou da sua religião.

Os demais personagens são um misto de agradáveis e aqueles que queremos matar, a mãe dela é o tipo que deseja que sua filha seja a melhor em tudo e por isso faz com que ela estude sem parar. Julio no começo do livro é uma amor, mas depois acabamos querendo mata-lo, já as amigas de Marina são fofas e estão ao seu lado quando ela precisa. Também temos outros personagens bem legais, mas para falar deles teria que dar spoilers.

"- Não quero me encontra com uma louca. Você está louca, Marina. Não me telefone novamente."

A Síndrome do Pânico é tratada de uma forma natural e mostra nos relatos da protagonista todo sofrimento que as pessoas que a possuem passam e o preconceito que sofrem, o autor provavelmente fez uma bela pesquisa para escrever o livro.

Um outro ponto positivo do livro e a descrição dos costumes do Paraguai, esse é o primeiro livro que eu leio ambientado na região e mesmo assim não fiquei perdida em nenhum dos costumes.

Resumindo é um livro para que gostaria de conhecer esta síndrome, para quem gosta de um bom drama com romance ou para quem quer ler um bom livro nacional.

Sobre a diagramação, ela esta bem simples, com folhas amarelada que ajudam a não nos cansarmos na leitura, letra e espaçamento entre as linhas bons, apenas a capa que apesar de combinar com o enredo não faz jus a ótima historia do livro.

Nota:
(Muito Bom)

72 comentários:

  1. Estou tentando ler livros nacionais esse mês, e esse me pareceu um livro bastante legal! Vou pesquisar mais sobre ele! Adorei a resenha!!
    Bjs
    http://ameninaqueliaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iany, espero que você de uma chance para ele, além de ser um bom nacional aborda um tema pouco abordado =)

      Excluir
  2. Ter ansiedade já é ruim o que muitas mulheres
    já tem por natureza, imagina isso em uma jovem e
    com síndrome do pânico
    curiosidade bateu agora

    Linda Semana!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nanda, foi uma fase bem difícil mesmo para a protagonista, espero que possa matar a sua curiosidade lendo-o <3

      Excluir
  3. Oie!! Nossa, nunca tinha visto um livro que tratasse do assunto síndrome do pânico.
    Achei bastante interessante, principalmente por ser nacional e por se passar em um país ao qual não estamos acostumados a ver livros.
    Gostei da resenha.
    ;*

    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, também não conheço nenhum outro livro que trás essa temática, o detalhe do país é bem diferente mesmo <3

      Excluir
  4. OI Jessica!
    Poxa, que legal um livro que fala da sindrome do pânico, tem muita gente que acha que isso é frescura, mas é uma doença que atinge muita gente!! E eu nunca li nada que fosse ambientado no Paraguai, gostei do enredo do livro!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não tem nada de frescura mesmo e que tem sofre bastante. Além deste livro também não li nenhum outro ambientado na Paraguai, então foi novidade para mim =)

      Excluir
  5. Oi Jessica...
    Que bom que também gostou do livro, pois vejo elogios quanto a obra.
    Eu leria sem problemas, apesar de não ter muita motivação .
    Mas acho o assunto tratado no livro bem interessante.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia, o assusto é bem interessante mesmo =)

      Excluir
  6. Eu não sabia que contava sobre a cultura do Paraguai, desde que vi o livro, fiquei interessada, sua resenha trouxe elementos novos para mim, que inclusive amei, não recordo de ter visto em outras resenhas... Também gostei de saber que a síndrome do pânico é tratada de forma natural, sem aquele drama excessivo, enfim, gostei bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian, conta um pouco pois o livro se passa lá =) Espero que possa lê-lo <3

      Excluir
  7. Ooi!

    Eu nunca li nada nessa tematica nem ambientado no Paraguai, achei bem interessante. Por se tratar de algo sério, acho que foi um acerto ser narrado em primeira pessoa porque nos mostra como a personagem está realmente está se sentido.
    Achei legal isso!

    Gostei da sua resenha!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, sim foi um belo acerto, porque assim da para sentir a aflição da protagonista e sentir que os ataques causam.

      Excluir
  8. Oi, Jessica!
    Achei muito bom que o autor trouxesse a tona um assunto que infelizmente é realidade de muitas pessoas. Sou próxima de algumas que passaram pela síndrome do pânico e é realmente complicado de entender e ajudar pessoas nessa situação. Gostei muito da proposta, espero que o livro não decepcione.

    Beijos!
    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu não conheço ninguém que tenha esta síndrome, mas o legal do livro é que mostra o modo que temos de tratar a pessoa e que o que ela esta sentido é bem real para ela. Ela não decepciona não =)

      Excluir
  9. Bacana a temática do livro de pegar uma doença atual e mostrar isso num personagem, fiquei curiosa porque estudo psicologia e adoro livros que trazem essas temáticas,amei a premissa vamos ver se a leitura me agradará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paac, espero que você possa lê-lo <3

      Excluir
  10. Olá, adorei conhecer mais da obra. Não li ainda nada da autora, mas por ser nacional já fique interessada. Nunca conheci alguém com esse problema e acho que a leitura é valida para sabermos do que se trata e pode servir para identificarmos isso nas pessoas. Bjs

    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gleyce, a leitura é super valida para entender o que a pessoa passa e saber como agir =)

      Excluir
  11. Esse livro é uma das minhas próximas leituras. Achei o enredo muito interessante por causa da temática que ele aborda. Espero gostar tanto da narrativa do autor quanto você.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Débora, espero que goste da leitura =)

      Excluir
  12. Oi Jéssica!
    Não conhecia esse livro mas fiquei interessadíssima nele, principalmente por tratar de um tema tão delicado. Uma amiga muito próxima minha sofre dessa síndrome e eu sei o quão delicado é passar por isso. Com certeza vou querer ler este livro em breve e saber mais dessa história.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol, espero que possa ler o livro sim, ele trata pelo menos ao meu ver de uma forma natural a síndrome mostrando tudo que a pessoa que a tem sofre.

      Excluir
  13. Estou curiosa pela leitura porque acho que não li nada sobre síndrome do pânico.
    E me identifiquei com a história no começo, minha mãe também me pressionava para passar no vestibular.
    Esse tema de síndrome do pânico não é muito abordado, mas acho que deve ser ótimo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Déborah, ela realmente não é um tema muito abordado na literatura, mas o autor soube muito bem como trata-lo =)

      Excluir
  14. Nunca li um livro com esse tema. Recebi o livro do autor e estou ansiosa para ler!
    Espero gostar da leitura, e que bom saber que o tema é tratado de forma leve.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Jéssica, tudo bem?
    Li esse livro no começo do ano, gostei bastante.
    A forma como o Breno abordou a síndrome do pânico de forma natural foi muito interessante.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angélica, ele soube tratar bem o assunto mesmo <3

      Excluir
  16. Oie Jéssica! ^^
    Sou bastante interessada em ler livros que falam sobre síndromes e outros assuntos parecidos, como doenças. Não sabia que esse livro falava sobre a síndrome do pânico e como nunca li nenhum livro sobre o assunto, fiquei bastante curiosa para ler esse e entender melhor como é essa síndrome.
    Dica anotada e obrigada!

    Beijos e até logo! :*
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Apesar do livro trazer uma temática diferente e informativa, afinal, todo livro com esse tipo de tema nos ajuda a compreender melhor as pessoas ao nosso redor, eu não leria a obra por dois motivos: primeiro que achei a capa muito estranha, e segundo que não curti muito da narrativa ser no estilo a protagonista conversando com o leitor. Gosto de narrativa em primeira pessoa, mas acho que tem que mostrar a visão de mundo dela e o que ela sente e não ela falando o que sente para quem está lendo, entende? Acho que vou deixar a dica passar.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Matheus, a capa tá meio feinha mesmo =/

      Excluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro por ai e fiquei curiosa, mas confesso que acho a capa bem feinha :/ Bom, eu achei a premissa interessante e acredito que deve ser bem bacana acompanhar as histórias de uma jovem que tem síndrome do pânico, pois através disso a gente conhece um pouco mais sobre a história, né? Enfim, gostei bastante da sua resenha e se tiver oportunidade irei ler esse livro o/

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa, ela ta feinha mesmo, mas o livro é bom <3 Espero que tenha oportunidade sim.

      Excluir
  19. Oi Jéssica, tudo bem?
    Eu tive a oportunidade de ler o livro e achei mega interessante o tema abordado pelo autor. A escrita do Breno é envolvente e sem agir de maneira forçada ele fala da síndrome do pânico e nos faz abrir os olhos para uma realidade que pode atingir qualquer um. Adorei a resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Glaucia, o tema é bem interessante mesmo, ele realmente conseguiu trata-lo de uma forma se força que saiu natural =) Fico feliz que tenha gostado da resenha.

      Excluir
  20. Oi, tudo bem?
    Achei bem interessante o fato de o livro trazer como protagonista uma garota com síndrome do pânico!
    Nunca li nenhum livro com uma temática assim e pelo que li da sua resenha esse parece ser um bom livro.
    Bem legal você ter conhecido um pouco da cultura do Paraguai através dele, isso me deixou ainda mais curiosa.


    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maiara, ele é bom sim e o autor soube abordar de uma forma natural o tema <3

      Excluir
  21. Já li várias resenhas desse livro, mas não me recordo de que o cenário era o Paraguai e que a narrativa era direta com o leitor. Apesar de eu odiar essa capa, acho o tema muito interessante e pouco explorado na literatura. Não descarto a leitura, mas também não estou ansiosa.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giulia, a capa precisa ser melhorada mesmo, espero que você resolva dar uma chance a ele <3

      Excluir
  22. Sempre vejo essa capa pela internet mas foi a primeira vez que parei para ver do que se trata. Parece um tema bem interessante e pouco explorado, interessante.
    Beijinhos,
    May
    Ensaio de Monomania 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá May, o tema é bem interessante mesmo =)

      Excluir
  23. Já li algumas resenhas sobre o livro, mas não me interessei pelo enredo. A capa também não chama muito atenção, deixa um pouco a desejar. Talvez, eu chegue a ler um dia essa obra, mas no momento não é um tema que ando lendo. Acho legal o autor ser brasileiro, sempre bom trazer nacionais para o blog.
    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luanna, espero que você resolva dar uma chance a ele, tenho certeza que vai gostar =)

      Excluir
  24. Acho a sindrome do pânico um tema super atual e importante para ser abordado em um livro. Muitos sofrem disso e não procuram ajuda e tem os que nem sabem que sofrem de sindrome do pânico. Acredito que o livro deve ser bem tocante e interessante.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kel, realmente deve ter muitas pessoas que não sabe o que esta acontecendo e que pode ter esta síndrome, enfim o livro é bem interessante mesmo =)

      Excluir
  25. Olá.
    Tenho que admitir.Não foi a história que me atraiu foi o tema e a força que o autor escolheu para falar da doença.
    Creio que se lesse só a sinopse não leria o livro.
    Bjs bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sofia, o tema é bem interessante mesmo e a capa e a sinopse não faz jus ao livro =/

      Excluir
  26. Oi Jess,
    desde que eu vi o livro pela primeira vez fiquei interessada, acho muito legal livros que abordam doenças em sua narrativa pois acabam sendo esclarecedores.
    Sua resenha me trouxe fatos que não tinham sidos citados nas outras que li, por isso fiquei intrigada mais ainda, com ela.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kris, fico feliz da minha resenha trazer alguns pontos novos *--* Espero que possa lê-lo.

      Excluir
  27. Oi Jéssica, sua linda, tudo bem
    Estou com o livro aqui para ler em parceria, ainda não tive a oportunidade. Mas pela sua resenha e por todas as que eu já li, existe um ponto em comum: a realidade de quem sofre a síndrome do pânico. Pelo visto o autor conseguiu passar muita verdade ao explorar o tema. Eu já vi um programa sobre o assunto que mostrou como é difícil para as pessoas. Mas que elas podem se tratar. Acho muito importante o autor usar o seu livro para informar aos leitores sobre algo tão sério e que atinge a tantos. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cila, é bem difícil mesmo, pelo menos pelo que o livro trás, além das próprias crises a pessoa tem que lida com o preconceito dos outros.

      Excluir
  28. O tema me interessa bastante, acabei de comprar algo parecido! Mas fiquei bastante curiosa, dependendo da leitura que eu tiver do outro livro, talvez ache interessante ler esse também, para complemento, ou por puro interesse! Esses temas são tão complicados, e as pessoas estão começando a levar o tema mais a sério... Acho muito legal essas abordagens mais populares, para aproximar as pessoas dos sintomas e tudo o mais! =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ligia, sim é bem legal trás esses temas e torna-lo mais acessível a todos, assim ajuda a acabar com alguns preconceitos por falta de conhecimento do assunto =)

      Excluir
  29. Amo um bom drama com romance, adoro ler livros nacionais e adoraria conhecer mais sobre a síndrome do pânico. Ou seja, quero muito ler esse livro! É um tema que não vejo ser trabalhado por aí, e que me interessa muito, então adoraria conhecer a história da Marina. Só fiquei com um pouco de receio por conta da parte religiosa, mas acho que vai ser tranquilo passar por ela.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ju, eu mesmo não curtindo quando a religiosidade aparece em livros não senti grande incomodo, então acho que essa parte não venha a incomodar você =)

      Excluir
  30. Olá... tudo bem Jessica...
    Tenho muita vontade de ler esse livro... a temática me chamou muito atenção... porque o assunto ainda não é muito conhecido e nem tanto abordado como deveria... muitas pessoas ainda não sabem exatamente como é e rola o preconceito e rola o julgamento... infelizmente eu passei por uma crise de pânico, mas nada muito forte que eu tenha com que me preocupar... mas foi uma sensação muito ruim... na verdade o médico me disse que foi uma crise muito forte de ansiedade e estresse, mas eu fiquei com medo... porque a sensação é muito ruim.... perdi totalmente o foco das coisas... enfim... acredito que a leitura vai ser muito válida ainda mais sendo nacional... xero!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diana, realmente é um tema que deveria ser mais usado e bem abordado para acabar com os preconceitos causados pela falta de conhecimento sobre ele. Imagino que esse ataque deve ter sido horrível, mas fico feliz que tenha sido algo isolado e espero que não venha a ter outro =)

      Excluir
  31. Oi Jéssica!
    Acho bem interessante o tema do livro. Não lembro de já ter lido algum livro que abordasse a Síndrome do Pânico. Que bom ver novos autores nacional escrevendo suspense.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana, sempre bom ver bons autores nacionais neh? *-*

      Excluir
  32. Oi Jess,

    Por ser psicóloga e comprometia com o ser humano e seu bem estar, sempre me interesse por livros que tem como tema central algo relacionado à psicologia.
    A síndrome do pânico é terrível, principalmente porque muitas famílias tendem a achar que é frescura da pessoa e pelo contrário é algo muito, muito sério e a pessoa precisa de todo apoio (médico, psicológico e familiar).
    Anotei a dica.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tania, acho que por ser psicologa vai gostar do livro *---* Ele retrata bem esse preconceito de achar que o que a pessoa que tem a síndrome tem é frescura...

      Excluir
  33. Oie, tudo bom?
    Bom saber que temos um livro nacional com uma narrativa tão fluída para falar de um assunto tão sério. Já conhecia o livro e ele tem uma premissa interessante ao abordar uma doença que afeta nossa sociedade atual.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, a premissa é bem interessante mesmo *--*

      Excluir
  34. Oii, tudo bem com você?
    Lendo esse livro dá para imaginar o que as pessoas que tem essa síndrome passam não é? Deve ser horrível. Os livros nacionais estão cada vez melhores, e este não fica atras, apresentar uma premissa muito interessante sem dúvidas.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jéss, da sim, é como se estivéssemos lá junto com a protagonista sentindo tudo que ela passa.

      Excluir
  35. Adorei !

    Eu estou numa vibe JA, e já li vários, os quais mais puxados para o drama e o mistério e fiquei muito interessado nesse livro, parece ser muito bom!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, espero que você possa dar uma chance para ele em breve.

      Excluir
  36. Se eu fosse levar em consideração somente a capa, eu não estaria com vontade de ler o livro (Sim, eu admito, julgo pela capa! :( ) Mas, depois de ler a sinopse e a sua resenha, juro que fiquei curiosa. Deve ser horrível passar por isso! Espero poder ler um dia.

    ResponderExcluir
  37. O fato de Mariana narrar sua própria história, como se estivesse contando para a gente, me chama muito a atenção. Gosto bastante de livros que tragam culturas diferentes, e sendo a cultura Paraguaia é bem diferente, nunca li nada sobre ela. Os personagens também me chamaram a atenção, principalmente a protagonista, por ser bem religiosa e fiquei bem curiosa para conhecê-la. Amo livros nacionais e, com tudo isso que citei de bom, fiquei querendo ler, espero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;