[Resenha #117] Coração Artificial


Bom Dia!!! Hoje temos mais um resenha de um livro nacional <3 A autora cedeu o e-book dele para ser resenhado aqui no blog há um tempão atrás, mas só agora consegui lê-lo com um pouco de dificuldade. Para quem gosta de um romance clichê tem que ler a resenha e descobrir o que te aguarda nesta historia.

Titulo: Coração Artificial
Autor(a): Viviane L. Ribeiro
Quantidade de Páginas: 309
Editora: Multifoco
Gênero: Literatura Nacional / Romance / Drama
Ano de Lançamento: 2014
Preço: R$55,00 (Compre Aqui)
ISBN: 9788584730155
Skoob: Clique Aqui
Sinopse: Coração Artificial - Gabriel é filho de um importante magnata da indústria de órgãos artificiais, e Alicia é apenas uma estudante inteligente o bastante para ter uma bolsa de estudo na mesma faculdade privada que Gabriel frequenta. O fato é que eles nunca teriam se conhecido se Gabriel não tivesse parado para ajudar Alicia com seus livros e muito menos se aproximado tanto se não a tivesse visto cantar em um bar numa noite.
Então acontece um acidente de carro.
E estranhamente as pessoas próximas a eles estão tentando mantê-los afastados, e enquanto isso, eles vivem a vida naturalmente, acreditando que o acidente não trouxe nenhuma consequência para suas vidas.
Mas a verdade é que estão completamente errados.

Resenha:
Gabriel vive a sombra de seu pai, um grande empresário do ramo de órgãos artificiais, e é obrigado a ceder a suas ordens e vontades para manter o seu alto padrão de vida, sendo uma delas cursar engenharia mesmo não querendo e nem gostado do curso e é na faculdade que ele conhece Alicia, uma estudante esforçada que conseguiu uma bolsa de estudos e tem pais super protetores.

Sim esse é mais um livro com um romance mega clichê, garoto rico e revoltado que se apaixona por garota pobre e inteligente e como outros livros com esse clichê segue uma ordem de fatos.

Gabriel não tem muitos amigos e quando conhece Alicia não que se tornar amigo dela e até a evita, mas depois de descobrir que tem mais em comum do que parece resolve se aproximar dela com a desculpa de que ela o ajudasse com um trabalho de Física.

Com o convívio ele vai se apaixonando aos poucos sem perceber e aparentemente ela também e começam a sair e ai surgem os empecilhos para o amor dos dois, desde pais super protetores, o irmã,o de Alicia que ele conheceu em um dos seus atos revoltosos de corrida clandestina, uma acidente de caro e até o clássico clichê do pai tentar mostra que ela é uma interesseira.

Como eu disse esse é mais um clichê que se diferencia um pouco mudando o narrador que normalmente e a garota e neste temos o garoto narrando do seu ponto de vista. Mesmo com esse diferencial a narrativa não conseguiu me prender no livro todo e tive que empurrar um pouco a leitura para conseguir termina-la.

Então para quem gosta desse clássico tipo de romance clichê eu recomendo a leitura sem grande expectativas e que como todo livro deste tipo trará um belo final feliz.

Nota:

(Bom)

24 comentários:

  1. Ola Jess eu já li esse livro e o final me decepcionou um pouco, ficaram muitas pontas soltas, sem explicação. A autora tinha um enredo bom, uma protagonista que cativa e no final deixou a desejar. Uma pena . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joyce, é realmente não foi o melhor final =/

      Excluir
  2. Olá!

    Eu postei essa resenha esses dias. Eu gostei da leitura, achei bem fluida e gostosinha. Achei um clichê diferente HSUAHSUA, o final ficou bem confuso para mim, mas achei o Epílogo muito legal. Foi uma leitura proveitosa.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, eu achei que foi meio que mais do mesmo, o mesmo clichê de sempre, mas é bom ver que alguém gostou mais do que eu e mesmo achando um tema muito usado foi até que uma boa leitura...

      Excluir
  3. Ele não faz muito o gênero literário do qual eu goste. Vi uma resenha sobre ele em outro blog e me pareceu bem positiva. Porém essa dissonância criada ao ler a sua resenha me deixou em dúvidas quanto à ele. Neste caso, prefiro aguardar...

    Café com Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andreza, talvez apenas eu não tenha gostado tanto do livro, mas veja outras resenha e quem sabe você se decida a lê-lo *--*

      Excluir
  4. Oi, Jéssica!

    Eu li essa semana um resenha desse livro. Até então eu nem o conhecia. Me parece que autora tinha tudo para desenvolver um bela história, mesmo com o clichê românticos.
    Mas pelo visto ela não foca na questão dos órgãos artificiais, uma pena. Eu queria saber mais. Uma pena.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nilda, tem clichês que dão certo, talvez esse não tenha sido bom para mim e seja para outras pessoas =) Aborto superficialmente, poderia sim ter explorado bem melhor o tema =)

      Excluir
  5. Oi Jéssica, tudo bem? Já tinha lido a resenha desse livro no blog da Ana e acho interessante ver as diferentes opiniões que um mesmo livro pode gerar. Bom, eu até costumo gostar de um livro clichê, mas para mim tem que ser bem construído, afinal pode existir sim um clichê bem construído. Achei interessante o fato da industria de órgãos artificiais e se isso aparecer na história pode ser legal. Também gostei da narração ser feita pelo Gabriel, muda um pouco as coisas. Enfim, não sei se leria no momento, mas talvez eu desse uma chance. Mas nossa, o preço do livro está bem carinho.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafa, eu gosto de alguns também, quando são bem trabalhados. Aparece sim, mas não foi tão explorado quanto poderia... De uma chance sim e quem sabe você não goste mais do que eu.

      Excluir
  6. Oi Jéssica, sua linda, tudo bem?
    Eu também conheci essa história no blog da Ana. Parece ser clichê sim, mas confesso que isso nunca me incomodou. Agora, como a Rafinha disse, o que importa, na verdade, é se a história é bem trabalhada, bem desenvolvida. Acho que essa deixou a desejar em alguns pontos, uma pena. Mas se ainda assim você o classificou como bom, é porque deve ser aqueles romances leves, só para descontrair. Daria uma chance.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cila, não é o clichê em si que me incomodou, mas ele não ter sido bem trabalhado... Sim, eu classifiquei como bom porque mesmo com os pontos negativos ainda não chega a ser um livro ruim. Espero que possa lê-lo algum dia.

      Excluir
  7. Oiee, tudo bem?

    Nossa, hoje mesmo li uma resenha sobre esse livro. Acho que é um complô para eu me render e ler também =P. Achei a premissa interessante. Sou suspeita para falar porque adoro esses livros clichés que dê para ler rapidinho. Pena que a leitura não te conquistou por inteiro

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kel, esse dias sairão varias resenha deste livro mesmo, até parece combinado =)

      Excluir
  8. Oi Jéssica.
    Esse livro me atraiu pela sinopsea primeira vez que vi.
    Mas conforme comecei a ler resenhas, verifiquei que o enredo deixa a desejar.
    Não me importo com clichês, mas o enredo tem que ser elabora e bem desenvolvido, empurrar leitura com a barriga ou fazer forçado não funciona comigo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paty, é ruim mesmo quando temos que empurrar a leitura...

      Excluir
  9. Narrador masculino é mesmo bem mais raro. Que pena que o livro não conseguiu te prender. Não me importo com clichês, mas a premissa do livro não me atraiu e acabei não me interessando.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Acabei de ler uma resenha desse mesmo livro, e não consigo me sentir ligada pela história.. mesmo sendo um clichê, e sendo narrado por um homem, o que eu adoro,Sei lá, não senti aquele Tcham hahhaha


    Beijos!
    http://www.aculpaedosleitores.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Taty, as vezes não tem um motivo certo para não nos sentimos atraídos por uma historia...

      Excluir
  11. Oi, Jéssica.
    Li outra resenha desse livro, e a menina disse a mesma coisa que você, que é um romance bem clichê. Eu como romântica incurável, gosto de qualquer tipo de romance, clichês ou não. rs
    Mesmo esses água com açúcar, tipo sessão da tarde. rs
    Mas é uma pena que a leitura não te empolgou tanto.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaqueline, quem sabe ela não te empolgue mais...

      Excluir
  12. Oiiii
    Não gosto de histórias clichês e por isso não leria o livro.
    A capa também não me chamou a atenção, mas para quem gosta, deve ser um livro bem legal.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise, para quem gosta deve ser mesmo *-*

      Excluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;