[Resenha#77] A Lógica do Amor


Bom dia!!!!! Como estão indo??? Está tudo bem por aí? Tem chovido ou está tudo igual ainda? Gente, o que fazer com esse calor que não passa! Apolo, papis, sorry, mas não te queremos mais! Pode ficar um tempo de férias. Só não arrume mais filhos!!! Bem, mudando de assunto, hoje é mais uma segunda, mais uma semana começa e eu estou aqui outra vez. E para quê? Para falarmos sobre um romance! Vamos lá?


Título: A Lógica do Amor
Autor: Day Leclaire
Editora: Nova Cultural (publicava romances de banca a tempos atrás rsrsrs)
Quantidade de páginas: 114
Gênero: Literatura Estrangeira / Romance / Livro de Banca
Sinopse: E a noiva estava... grávida!
Nick Colter não consegue esquecer a única noite que passou com Dani Sheraton.
Ela também não consegue, não às vésperas do nascimento do bebé de ambos. Durante nove meses escondera dele a gravidez, sabendo das cicatrizes de seu passado. Ele não a amava, não parecia capaz de amar alguém. Vinte e quatro horas após á volta de Nick, Dani via-se esposa e mãe. Agora, tinha a vida toda para ensinar ao novo marido o que era o amor!



Resenha
Pensa em um livro totalmente clichê, com um enredo previsível, que você já leu quinhentos assim e tem tudo para não gostar, porém ama! Foi assim meu relacionamento com A Lógica do Amor. Eu não sei vocês, mas tenho um caso de sempre ler romance de banca em que o título tem nada a ver com a história, o que não acontece aqui . Calma que vou explicar e vocês o porquê.

Dani é viúva de Peter que era sócio de Nick. Ela foi criada em um lar repleto de irmãos e muito amor. Porém ao se casar entra  em um relacionamento frio, sem vida. O que a faz ardentemente desejar não se casar novamente após a morte de seu marido. E o que acontece minha gente? Em um bela festa de ano novo, perde um tico as estribeiras e acaba dormindo com o Nick. E para piorar, quando acorda no dia seguinte ela acorda sozinha, porque ele foi viajar, uma viajem que durou nove meses. E pro quadro ficar mais completo, ela descobre que está grávida. Pode isso diretor? Não pode!

A gravidez não é o menor de seus problemas, ao contrário, é a benção tirada desse rololo. Ela sempre quis ter filhos, só que o idiota de seu ex falou que era estéril e não poderia te-los e não queria também. Passar toda a gravidez sozinha, fazer planos, contar para os pais que são a favor de um lar familiar (sabe, pai, mãe e filhos, com casamento e tudo), isso tudo é moleza! O difícil é enfrentar o dito cujo redondamente grávida, pega de surpresa e sem ter contado nada, isso mesmo, nadinha de nada a ele. Pode piorar? Lógico! Porque daí vem o pedido, a proposta e a chantagem (nessa ordem) de casamento.

"Não entende? Você é tão incapaz de emoções quanto Peter. Ele passou a vida toda no raso, sem imaginar que existiam águas mais profundas, mais ricas, a explorar. Você até sabe dessas águas,mas também as evita."

O que mais gostei nesse livro não foi nem a história (tá, gostei sim do enredo!), foi na verdade do Nick (ele é um fofo! Que vontade de levar pra casa e dar uns carinhos que ele merece!) e da Gem. Pera, não falei da Gem ainda? A Gem na verdade é um sistema de segurança mais inteligente que muita gente que conheço por aí. Ela tem uma habilidade ótima para tirar do sério, interpretar as coisas da maneira que quer e agir do seu jeito. É parecido com meu computador. Só que ela fala, abre e tranca portas, abre geladeira, faz café, pesquisa informações rápido, conta historinhas, funciona como alarme de segurança e mais um pouco ainda! Ela na verdade dá o empurrão para o casal ficar junto só porque gostou do bebe! Demais isso...

"-Deixe-a dormir, Gem. Nada de falatório,entendeu?
Assim que saiu do quarto o sistema computadorizado começou a sussurrar:
-Era uma vez..."

Então recomendo sim esse livro, é mega pequeno, dá para ler rapidinho.É engraçadinho, estava sempre com um sorriso no rosto. Para os românticos é um prato cheio!

Nota
(Ótimo)

3 comentários:

  1. Oi Gisele. Adorei a resenha. Apesar de você dizer que é bem clichê, nunca li nada com esse tipo de história! Adorei e já o incluí na minha listinha de indicações. Obrigda. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Preciso lê, romance é comigo mesmo. Gostei da resenha e quero saber mais sobre o Nick e também sobre a Gem... Essa parte me chamou atenção:
    "-Deixe-a dormir, Gem. Nada de falatório,entendeu?
    Assim que saiu do quarto o sistema computadorizado começou a sussurrar:
    -Era uma vez..."
    Estou vendo que vou me divertir bastante com a Gem :) Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca fui muito fã de romance, mas sempre dou uma chance pro gênero e por mais clichê que as coisas pareçam eu amo ler livros que me deixam felizes no final por saber que a personagem está feliz!

    http://regrasquebradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;