[Resenha#68] Garotas de Vidro


Bom Dia, hoje temos mais uma resenha pra o Projeto Livros de A á Z, se tudo der certo nesse mês eu coloco as resenha desse projeto em dia <3 O livro escolhido para a letra G foi Garotas de Vidro, foi difícil escolher um livro que me agradasse com a letra G e no final eu acabei trocando de livro para esse que chamou muito a minha atenção por tocar em um ponto delicado como os transtornos alimentícios e como a pessoa que tem esse transtorno vê a vida e a si própria.

Garotas de VidroTitulo: Garotas de Vidro [SKOOB]
Autor: Laurie Halse Anderson
Quantidade de Páginas: 272
Editora:  Novo Conceito 
Gênero: Literatura Estrangeira / Drama
Sinopse: Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer. O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos. Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta  tentam  ajudá-la a  qualquer  custo,  mas  nem
mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir. Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles. Garotas de Vidro é uma história intoxicante sobre a autorrepugnância e a busca pela identidade. Neste livro, Laure Halse anderson aborda de modo realista a dolorosa condição de jovens que sofrem de transtornos alimentares e sua complicada relação com o espelho e consigo mesmos.

Resenha:
Lia sofre um grande baque quando descobre que sua amiga de infância Cassie foi encontrada morta em um quarto de motel, sozinha, e que ela havia ligado 33 vez na noite anterior para Lia que não atendeu. O remorso corroí Lia, que tenta fingir que não se importa e cada vez mais se naga a comer e coloca metas impossíveis para seu peso, cada vez mais baixo e mais baixo.

Lia não se olha no espelhos a muito tempo e quando para para olhar não reconhece a sobra que ele mostra, sempre achando que a gordura se esconde entre sua pele e ossos e que a cada mordida ela esta se perdendo, nem mesmo as alucinações despertam ela sobre oque esta acontecendo com ela. Ela só sabe que não deve comer e que nunca estará perfeita, mas mesmo assim ela tem que ser a mais magra e cumprir a aposta que fez em sua infância.

Traumas? quais são os traumas que a transformaram em uma garota de vidro, talvez seus pais que não se importavam o bastante, sua mãe que estava sempre trabalhando, seu pai que começou uma nova família e traia sua mãe ou a mídia que mostra que o padrão perfeito é ser magra ao extremos.

Cada dia é uma luta para Lia, ela conta cada caloria que ingere e luta contra a vontade de comer, e para piora esta sendo assombrada pelo fantasma de Cassie. Todos ao seu redor tentam mostrar que se importam, mas Lia esta tão obcecada por suas metas de magreza que não consegue enxerga-los, nem mesmo a sua irmã mais nova que a ama tanto.

O livros nos mostra como é estar dentro da cabeça de uma pessoa que sofre transtornos alimentícios e que esta obcecada pela magreza, para ela nunca sua imagem esta perfeita e sempre que ingere algum alimento se senti suja e gorda. A cada pagina somos absorvidos pelos sentimentos da personagem que se enconde no seu próprio mundo, onde ela é forte por não comer e que mesmo em seu subconsciente sabe que esta se matando e não quer morrer, mas também não luta para sobreviver.

Um livro sem duvida chocante e apaixonante, quando você menos espera já esta envolvida e não consegue parar de lê-lo, sente o medo e todas as emoções de Lia e até consegue compreender seus pensamentos suas manias e duvidas que a transformaram em um Garota de Vidro.

Não pensei quando comecei a ler que iria me apaixonar por esse livro, gosto de historias dramáticas e tenho uma queda pelo assunto que foi abordado Quem nunca sofreu de autoestima baixa ou se achou gorda? acho que todos que já passaram por alguma situação assim vão se identificar mesmo que um pouco com os sentimentos de Lia e sofrer junto com ela.

Nota:
 + 
(Ótimo + Favorito)

4 comentários:

  1. Oi, Jéssica. Já havia lido resenhas desse livro em outros blogs e, particularmente, acho super interessante o tema. Hoje em dia, são diversas meninas com os melhor problemas da Lia, e muitas optam pela mesma atitude, simplesmente negar o problema. Gostei disso, vou ler o livro e conhecer mais sobre o assunto.

    =D
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tema é bem interessante mesmo, tem bastante garotas mesmo com algum tipo de disturbo alimentar. Leia se tiver chance sim, além de gostar da leitura vai conhecer um pouco como esta garotas pensam.

      Excluir
  2. A resenha já conseguiu me passar um pouco, do que aborda o livro... É um assunto muitas vezes deixado de lado, mais que muitas garotas passam hoje em dia, as vezes fico triste por saber o quanto a mídia impõe padrões para o que precisa ser para ser linda, na minha opinião cada um é lindo da forma que é, o importante é ser você *--* Amei a resenha. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os padrões impostos pelas mídias as vezes são absurdos =/ cada um tem sua beleza própria mesmo <3

      Excluir

Regras para os Comentários:

- Seja educado e não use palavras de baixo calão;
- Comentários hostis e racistas serão excluídos;
- Deixe o link do seu blog, pois retribuo todos os comentários;